Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

As crianças ocupam, em nossas vidas, um lugar de destaque. Vivemos e decidimos tudo em função do bem-estar delas. Mas a verdade é que nem sempre foi assim. Houve um tempo em que as crianças eram tratadas como adultos em miniatura, ou apenas criaturas que esperam para que chegue, um dia, a sua vez (tipo cresça e apareça). Quem tiver interesse em saber mais sobre isso, pode ler a obra do historiador Philippe Aries, entre outros que tratam do mesmo tema. O que nos interessa aqui, é a constatação de que, no que se refere à literatura, as coisas não eram diferentes. O que conhecemos hoje como literatura infantil é uma novidade, algo muito recente. No passado, as crianças aprendiam a ler nos livros dos adultos. 

Com a ascensão da burguesia, surgiu a necessidade de preparar as crianças burguesas para a nova realidade. Então, surgiram os primeiros livros escritos para crianças. No entanto, eram obras de cunho apenas pedagógico, cujo único objetivo era instruir e formar a criança. Obviamente, foi um longo caminho até que chegássemos ao ponto em que nos encontramos hoje, em que se produzem obras infantis pensando na criança como criança. Foram muitas as contribuições, desde La Fontaine, Charles Perrault, irmãos Grimm, Hans Cristian Andersen, até o nosso Monteiro Lobato, cuja obra, no Brasil, foi fundamental para a formação da nossa literatura infantil.

Hoje, felizmente, temos cada vez mais escolhas. Isso é, por um lado, excelente, por outro, nos confunde, pois ficamos, por vezes, sem saber o que escolher para os nossos pequenos. Penso que o mais importante na hora de fazermos as nossas escolhas, é decidirmos por obras libertadoras, que não pretendam doutrinar os nossos filhos, mas ensiná-los a pensar por si mesmos, que os encorajem a tornarem-se sujeitos ativos no mundo em que vivem.

Minha primeira sugestão é A operação do tio Onofre, de Tatiana Belinky. Gosto muito desse livro porque ele coloca a criança no centro da ação, como um sujeito ativo, pois é a nossa pequena protagonista que resolve a trama, de forma inteligente e muito eficiente (uma pequena heroína!). É o tipo do livro em que os pais terão prazer em ler junto com os filhos.


Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

Gosto muito, também, de um livro chamado Menina bonita do laço de fita, de Ana Maria Machado. Estamos acostumados a histórias de princesas brancas como a neve, ou de cachos dourados, e por aí vai. Ou, por outro lado, textos que levantam a bandeira contra o racismo, o que é válido, mas nem sempre eficiente, haja vista a sociedade racista e preconceituosa em que vivemos. Ana Maria Machado segue uma lógica um pouco diferente. Ela coloca a pequena protagonista negra no mesmo lugar ocupado pelas princesas europeias, valorizando a beleza negra de forma natural, utilizando, para isso, metáforas belíssimas: os olhos eram duas azeitonas pretas, a pele uma pantera negra em dia de chuva. A menina, arrumada com esmero por sua mãe, parece uma princesa das terras da África, ou uma fada do Reino do Luar. Ao invés de bater de frente com os preconceituosos, a autora trabalha a autoestima das crianças negras, bem como apresenta uma imagem positiva delas para as demais crianças.


Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

Há, ainda, não uma obra especificamente, mas uma coleção de livros infantis em braile da Editora Paulinas. Bem, creio que não há a necessidade de explicar a razão pela qual essa coleção é extremamente importante. 


Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

Deixo abaixo, um vídeo do qual gosto muito, de uma conferência sobre literatura infantil, com Ana Maria Machado.



Literatura infantil: o que é importante na hora de escolhermos livros para as nossas crianças?

40 comentários:

  1. Oii,
    Gostei muito do seu post. Não conhecia os livros indicados, mas os achei bem fofos.
    É muito importante o incentivo a leitura, ainda mais para as crianças.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É na infância que iniciamos a nossa história de leitores, ou não. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Realmente, a grande variedade de livros infantis hoje em dia nos deixa um pouco sem saber o que escolher. Não tenho filhos ou parentes pequenos, mas acredito que dar aquela olhadinha antes de comprar ajuda não?
    Não conhecia os livros que citou, sou da época em que a Coleção Vagalume fazia a festa da garotada... rsrs.
    Ah!! Ótima conferência com Ana Maria Machado.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostava muito dessa coleção, ela fazia a minha festa também. E parece que ela vai voltar. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  3. Olá!
    Gostei muito do post, bem informativo.
    Paguei uma cadeira de literatura infantil na faculdade e muitas das dicas que você citou são recomendadas no meio acadêmico.
    Ótimos livros.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estudei literatura infantil na faculdade, e sinto muitas saudades. Adoro esses livros infantis. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  4. Olha quando eu era mais nova eu era fascinada por MONTEIRO LOBATO, mas eu nunca li seus livros. Sempre tive muita curiosidade de fazer a leitura para vc ter uma ideia. Porque eu sempre gostei daquela fantasia sabe? Por isso eu acho que esse seria um livro ideal para as crianças de hoje em dia, até porque é muito bem comentado entre as pessoas. Os outros também são legais, os variados que tem figuras e tudo mais. Acho lindo. Mas ai depende de cada um né? Mas acho que todos devemos incentivar os jovens a leitura nesse momento =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-paris-do-oriente.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monteiro Lobato é um cânone. É o nome mais importante na literatura infantil brasileira. Li alguns livros dele na infância e, depois de adulta, li para o meu sobrinho. Sua obra é maravilhosa. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  5. Oi Tatiana! ^^
    A Menina do Laço de Fita é lindo, lembro que quando tinha 8 anos minha professora leu para nós esse livro e mesmo agora com 18 anos ainda me encanto com a história, esse livro é muito presente nas escolas. pelo menos eu vejo ele bastante.
    Eu costumava ler muito os livros do Pedro Bandeira! <3 Minha iniciação na literatura brasileira;

    Beijos e até logo! :*
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é lindo mesmo, Amanda! Felizmente, muitas escolas o utilizam. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Ola Tati tendo um filho pequeno que está sempre cercado por livros, procuro avaliar os livros, hoje na fase que ele está seria somente pelas figuras, mas minha intenção é ler livros que tragam sempre mensagens no livro como ensinamentos. Tem coleções bacanas e lindas, a diversidade é enorme,ótima postagem . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ele conseguir sentir prazer com os livros agora, as chances de se tornar leitor depois de adulto serão grandes. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  7. Oi...
    Amei seu post!!!!
    Sou professora, com uma queda (enormeee) pela educação infantil, e ensino fundamental e posso dizer que a melhor coisa que poderia acontecer em uma sala de aula é um professor ter a oportunidade de ver os olhinhos do aluno brilhando por conseguir ler sua primeira frase...a e expectativa quando vemos ele ir à biblioteca e trazer seu primeiro livrinho então é algo mágico!!!!
    Incentivar os pequenos a ler é tão fácil...basta querer!!! Todos os pais deveriam ler seu post!
    Parabéns!!!
    bjs

    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Denise! Infelizmente, nem todos os pais são comprometidos com a causa da leitura. Grata pelo comentário!

      Excluir
  8. Sou uma consumidora de livros infantis porque tenho um filho de 8 anos e anotei suas indicações. Eu costumo dar uma lida antes de passar para o meu pequeno e acabo me divertindo bastante também.
    Seu post é mega pertinente
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ivi! É muito bom dar antes mesmo. Valeu pelo comentário!

      Excluir
  9. Olá Tati,
    Gostei muito do seu post.
    Na verdade, acho que há um certo disse-me-disse quando falamos de ler par o filho. Algumas vezes é a falta de tempo, outras é que o filho não entende, muito novo, enfim. Atualmente, temos muitos livros infantis, coisa que não tinhamos antigamente. Espero que, se um dia tiver um filho, possa ler para ele. E vou anotar essas dicas :)
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom é que temos muitos livros infantis de qualidade. O ganho não é só na quantidade. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Oi Tatiana!
    Confesso que estou por fora da literatura infantil por não ter filho, e também não ter nenhum criança na minha familia no momento. Mas acredito que escolheria diversos títulos para os pequenos, desde um livro de colorir, um quadrinho da Turma da Mônica, e também aos livros que hoje, existe diversos títulos para escolha \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom dar opções às crianças. Eles amam quadrinhos e livros para colorir. Mario Quintana dizia que os livros deveriam ter páginas em branco para que as crianças desenhassem.
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  11. Olá!
    A literatura infantil é um tema que felizmente está sendo cada vez mais discutida na atualidade. E, com isso, grandes editoras estão apostando cada vez mais numa variedade de obras que englobam desde as crianças bem pequenas (que gostam de muitas figuras e animações) às pré-adolescentes, que já estão lendo muitos livros de aventura. Eu acho isso MUITO bom e incentivo cada vez mais pais que eu conheço, a escolherem bons livros para seus filhos, porque, com o hábito da leitura, muita coisa boa vem junto, não é?
    Quando penso na minha infância lembro logo da infinidade de gibis, dos livros do Monteiro Lobato, Pedro Bandeira (tive uma fase que era viciada em A Droga da Obediência) e também, O Pequeno Príncipe ❤️
    Achei muito legal as suas dicas, eu não conhecia. Vou indicar para os papais que eu conheço!
    Parabéns pelo texto.
    Beijos,

    Luiza
    Every Little Book

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a escolha de bons livros é essencial. Eu também penso em Monteiro Lobato quando lembro da minha infância. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  12. Olá Tatiana! Muito obrigada pela dica! Tenho uma filhota de quase dois anos e esses livros estão ótimos. Ela já tem uma pequena coleção aqui, e ela adora! beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ela já começou. Será uma grande leitora no futuro! Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  13. Oie, tudo bem?
    Tati, adorei o seu post porque tenho um irmão mais novo e eu como apaixonada pela leitura quero incentivá-lo muito a ler, mas nunca sei quais livros indicar e comprar para ele. Seu post me ajudou bastante.
    http://www.leituradascinco.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha te ajudado, e que bom que o teu irmãozinho tem uma mana que o incentiva a ler. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  14. Olá, tudo bem?

    Que post mais fofo e importante. Simplesmente adorei. Pois me preocupo muito com isso e adoro livro infantis. Meu filho de 3 anos já tem uma bela coleção e adora seus livros. E eu gosto de sempre está indicando livros para outras crianças. Adorei as dicas.

    beijos

    http://www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! Acho muito importante que as crianças comecem a ter os seus livros desde cedo. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  15. Olá Tatiana!

    Ótimo post! O Menina Bonita quando era criança rs (agora que percebi o tempo que faz kkk). Tudo que você colocou está certíssimo! Meu filho ainda tem 2 anos e as tentativas de leitura com ele ainda não deram certo, mas continuo insistindo, acho que mais um aninho e ele já passa a se prender mais!
    Obrigado pelas dicas!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentar "ler" as gravuras com ele. As crianças são muito sensíveis às imagens. Depois que ele se interessar pelo livro, por causa das gravuras, tu começa a ler. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  16. Oi,
    Quando eu era criança eu costumava ler aqueles livros fininhos da Disney <3 Com o tempo passei a gostar de livros de fadas, meu favorito é Alecrim. Depois passei para os quadrinhos do Sesinho e Turma da Mônica. E já li várias estórias do Sítio do Pica Pau Amarelo. E seu eu tivesse que indicar livros a crianças seriam esses :)

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também lia muito Turma da Mônica e Monteiro Lobato. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  17. Olá. É muito bom influenciar as crianças para ler. Infelizmente a minha infância na parte dos 6 á 9, eu não tive essa oportunidade por falta de influencia, mas graças a deus eu gostei de ler e agora não paro mais kkkk. Não li nenhum dos citados, mas com certeza irei pesquisar melhor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você descobriu a leitura, apesar de não ser incentivada! Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  18. Olá! Adorei seu post! Tenho um irmão mais novo que não gosta muito de ler, eu sempre o incentivo mas por enquanto ele não desenvolveu esse hábito, prefere jogos de video game. É interessante e importante que tenha de fato toda essa gama de livros para crianças, eu comecei a ler nessa época e não parei mais.

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem que todos somos leitores, só precisamos descobrir de que tipo de livro gostamos. Quando o teu irmão descobrir, ele se tornará um grande leitor. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  19. Oiee.

    Quando mais nova eu não tinha muito costume ler, mas depois que comecei ficou dificil parar.
    Não conhecia esses titulo, mas é sempre bom sabermos o que nossas crianças ando lendo

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, devemos estar sempre atentos e participar ativamente desse processo. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  20. Olá!!
    Que post mais lindo e bem escrito! Adoooooooooorooooo Philippe Aries! O conhecia na faculdade de psicologia. Gosto muito de psicologia infantil, acho que a leitura é uma atividade cognitiva fundamental, sem esquecer também o destaque que o hábito da leitura traz para as relações sociais futuras da criança, a habilidade de se pôr no lugar do outro, de compreender diferentes ´pntos de vista... enfim, adorei seu texto e menina do laço de fita era um dos meus livros FAVORITOS! Junto com Mariana do Conta e Bruxa Onilda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A coleção da Bruxa Onilda é maravilhosa! A leitura trás inúmeros benefícios mesmo, inclusive melhora as nossas relações interpessoais, já que nos proporciona um entendimento maior do outro. Obrigada pelo comentário!

      Excluir