sábado, 19 de novembro de 2016

The 42nd St. Band, de Renato Russo - Editora Companhia das Letras

The 42nd St. Band, de Renato Russo - Editora Companhia das Letras
The 42nd St. Band
Autor: Renato Russo
Editora Companhia das Letras
Ano: 2016
Número de páginas: 224
Livro recebido em parceria com a editora.

Uma das leituras que mais me tocaram em 2015 foi Só por hoje e para sempre,  diário escrito por Renato Russo durante sua internação em Vila Serena para tratar-se da dependência química. Lembro-me que na época, fiquei bastante feliz em saber que Editora Companhia das Letras publicaria outros textos inéditos do autor, do qual, creio que não preciso nem dizer, sou fã eterna desde a adolescência. Logo que soube do lançamento de The 42nd St. Band fiquei ansiosa pela leitura. Não me decepcionei, nem como fã, nem como leitora.

O livro foi escrito todo em inglês por Renato entre os 15 e os 16 anos, enquanto se recuperava de uma doença óssea rara chamada epifisiólise, e de uma cirurgia cujo resultado fora problemático. O material que compõe o livro encontrava-se todo disperso em cadernos e folhas soltas que iam sendo escritas pelo jovem Renato enquanto convalescia, e conta a história de uma banda imaginada pelo rapaz, cujo líder era Eric Russell, uma espécie de alter ego de Renato. O resultado é um romance fragmentado, que narra a história da banda através de cronologias, entrevistas, canções, linha do tempo, árvore genealógica, além de histórias e de imagens com capas de discos da banda, entre outros elementos, tudo isso se juntando para formar a história da The 42nd St. Band, como se fosse um quebra-cabeça que, pouco a pouco, o leitor vai montando. 

The 42nd St. Band, de Renato Russo - Editora Companhia das LetrasA história inicia mostrando o relacionamento dos três primos que deram início à banda, Eric, Nick e Jesse. Através dos elementos que são trazidos, podemos acompanhar o crescimento dos meninos, bem como o relacionamento dos garotos com a música desde o início, apresentando-nos a trajetória da The 42nd St. Band. Para quem espera uma narrativa formal, aviso que a obra subverte o convencional, sem com isso perder em qualidade, trazendo-nos personagens bem construídos, quase palpáveis, de tão consistentes. Por apresentar-nos uma composição em fragmentos, tal como uma colcha de retalhos, o livro não possui um único narrador definido. 

The 42nd St. Band é a prova cabal da criatividade e, por que não dizer, genialidade de Renato Russo. O projeto gráfico da obra, assim como aconteceu com Só por hoje e para sempre, está magnífico. A obra apresenta inúmeras gravuras, algumas, inclusive, representando capas de discos da banda. Embora em menos quantidade, aqui também temos passagens em que podemos apreciar a própria letra do músico, como acontece no livro anterior. Para os fãs de Renato Russo, essa publicação é um presente da Editora Companhia das Letras. Recomendo a leitura aos fãs de Legião Urbana e de Renato Russo, obviamente, mas também, aos apreciadores da boa literatura, recomendo, sobretudo, aos amantes de obras desafiadoras, que nos tiram da nossa zona de conforto.

The 42nd St. Band, de Renato Russo - Editora Companhia das Letras

Para comprar: Saraiva | Cultura | Submarino