A Conspiração Mozart (Ben Hope 2), de Scott Mariani - Editora Fundamento

A Conspiração Mozart (Ben Hope 2), de Scott Mariani - Editora Fundamento
Conspiração Mozart
Autor: Scott Mariani
Editora Fundamento
Ano: 2015
Número de páginas: 368
Skoob
Cortesia da Editora

Quando li na contracapa que se tratava de um thriller de tirar o fôlego, já me preparei para perder o sono lendo esse segundo livro da série Ben Hope, pois foi exatamente isso que aconteceu quando li O Segredo do alquimista, primeiro livro da série, também publicado pela Editora Fundamento. Não posso dizer que Scott Mariani tenha me surpreendido, em A conspiração Mozart, pois com base nas impressões que tive na primeira leitura, esperava bastante dessa obra. O que posso dizer é que as minhas melhores expectativas foram alcançadas. Recomendo a obra sem titubear.

Ben Hope, o protagonista da série, especializou-se em resgatar vítimas de sequestro, e usa para isso os conhecimentos e as habilidades que adquiriu como ex-militar. Após concluir mais uma missão de resgate, Ben recebe uma mensagem de Leigh Llewellyn, um amor do passado, dizendo que está em perigo. Hope vai ao socorro da moça, e descobre que há algo de duvidoso envolvendo a morte de seu melhor amigo, Oliver, irmão de Leigh, ocorrida no ano anterior. Em uma pesquisa que fazia, Oliver descobriu uma trama conspiratória relacionada a um velho piano que fora da família e uma carta supostamente escrita por Mozart. Antes de ser assassinado, o rapaz envia um CD contendo informações comprometedoras a sua irmã, e agora ela está sendo perseguida sem entender o porquê. 


A Conspiração Mozart (Ben Hope 2), de Scott Mariani - Editora Fundamento
Trata-se de uma narrativa extremamente ágil, daquelas que nos envolvem fazendo-nos perder a noção do tempo. É verdade que a obra tem um tom investigativo, com tramas que lembram um pouco o estilo de Dan Brown, mas nada que comprometa a qualidade do trabalho de Mariani, tornando-o uma mera cópia de um livro de sucesso. Muito longe disso, A conspiração Mozart traz-nos um texto com identidade própria, capaz de deixar as suas marcas em quem o lê. O segundo livro da série é tão bom quanto o primeiro, mas nos apresenta um Ben Hope, mais seguro de si, com menos conflitos internos do que tinha no primeiro livro. Um ponto forte da obra é a maneira com a qual o autor vai brincando com diferentes lugares e tempos, contado histórias que, inicialmente não parecem ter relação, mas que vão, aos poucos, juntando-se como em um quebra-cabeças, para formar a narrativa de forma tão espontânea e verossímil. Embora A conspiração Mozart faça parte de um série, pode ser lido de forma independente, sem comprometer a compreensão do leitor. É uma ótima leitura. Sem nenhuma dúvida, recomendo.


A Conspiração Mozart (Ben Hope 2), de Scott Mariani - Editora Fundamento

Para comprar: Editora Fundamento