Paulo Leminski: alguns de seus melhores poemas

      

Seguidamente acontece de eu acordar pela manhã com uma certa música "tocando" em minha cabeça. Infelizmente, nem sempre é uma música de que eu goste ou que tenha algum significado para mim. E ela fica lá, em modo repeat, muitas vezes me enlouquecendo! Até aí, nada de mais. Afinal, creio que isso acontece com todo mundo. Quem já não ficou cantando, desesperadamente, todas as músicas que viessem à memória só para se livrar daquele jingle em época de campanha eleitoral? Mas hoje aconteceu algo inusitado, e posso dizer que, sinceramente, gostei. Acordei com um poema de Paulo Leminski na cabeça. Um poema que está, seguramente, entre aqueles que considero os melhores, sendo "declamado" dentro de mim. Adorei!!!
         
o novo
não me choca mais
nada de novo 
sob o sol

apenas o mesmo 
ovo de sempre 
choca o mesmo novo
       
Então, ocorreu-me que poderia compartilhar no blog um pouco de Paulo Leminski e alguns de seus melhores poemas, segundo o meu ponto de vista. Considero este um dos dos melhores poetas brasileiros. Textos simples, leves e, ao mesmo tempo, profundos em significado. Escolhi, além do poema acima, mais quatro. Deixo, ainda, um link para quem quiser o seu livro, Toda Poesia, e dois vídeos de documentário sobre o poeta. Divirtam-se!!!


Sem título

Eu tão isósceles
Você ângulo 
Hipóteses
Sobre o meu tesão

Teses sínteses
Antíteses
Vê bem onde pises
Pode ser meu coração



Razão de ser
                                        
Escrevo. E pronto.
Escrevo porque preciso,
Preciso porque estou tonto.
Ninguém tem nada com isso.
Escrevo porque amanhece,
E as estrelas lá no céu,
Lembram letras no papel,
Quando o poema me anoitece.
A aranha tece teias,
O peixe beija e morde o que vê,
Eu escrevo, apenas.
Tem que ter por quê?


eu
quando olho nos olhos
sei quando uma pessoa
está por dentro
ou está por fora

quem está por fora
não segura
um olhar que demora

de dentro do meu centro
este poema me olha.




Bem no fundo

No fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
a gente gostaria
de ver nossos problemas
resolvidos por decreto

a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
é considerada nula
e sobre ela — silêncio perpétuo

extinto por lei todo o remorso,
maldito seja quem olhar pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
e aos domingos
saem todos a passear
o problema, sua senhora


e outros pequenos probleminhas.


Clique na imagem 
para comprar o livro


Documentários:

Paulo Leminski - Um coração de poeta




Paulo Leminski - Ervilha da fantasia

44 comentários:

  1. Adorei os poemas, mas os vídeos são demais! Obrigada! ;)

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Obrigada, Letícia! Fico feliz que tenha gostado! Volte sempre! ;)

      Excluir
  3. Adorei os poemas, não conhecia nenhum. E gostei especialmente do trecho que fala sobre escrever e esse dos problemas é super simples mas muito bonito. Fiquei interessada, vou procurar conhecer mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Tamara, os poemas do Leminski são muito simples, apesar de profundos. Acho que esta é justamente a beleza de sua obra. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  4. Oi Tatiana!
    Confesso que não conhecia o autor, e achei bem interessante o poema apresentado. Mesmo não gostando de poemas, esse me chamou a atenção.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho interessante porque não são poemas herméticos, daqueles difíceis de entender. Os poemas de Leminski são acessíveis. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  5. Adorei a postagem Tati. Sou apaixonada pelo "Bem no fundo", faz parte de mim. E sobre o que você destacou lá em cima, simplesmente é a minha realidade e meus pensamentos no momento, já anotei aqui. Parabéns pelo post.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Bem no fundo" é muito lindo mesmo! Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Não conhecia Paulo Leminski e suas obras.
    Acho que não sou a melhor pesssoa para ler poemas,tenho dificuldades para entender e tal.
    Mas achei os poemas de Leminski mto inteligentes, a maneira como ele se expressa e nos faz interpretar os seus escrito é mto interessante.
    E os videos foram bons tb, vou procurar mais informação sobre ele com certeza.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas têm resistência a ler poemas por acharem difícil de compreender, mas acho que os de Leminski são muito fáceis e, nem por isso, perdem em beleza. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  7. Olá, Tatiana.
    Já tinha visto esse livro em outros blogs. Mas infelizmente eu não sou muito de ler poemas e poesias, prefiro ler ficção. Mas para quem gosta deve ser ótimo. Bela postagem. E que você acorde mais vezes pensando em poemas hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito bom acordar assim, Sil! Todos nós temos as nossas preferências, uns preferem ficção, outros poesia e eu prefiro os dois. :D
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  8. Gente, o que são esses videos??? Me arrepiei!!! Já até compartilhei no face.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada do Paulo Leminski, e poemas realmente não são o meu forte... li os que você disponibilizou, mas infelizmente, mais uma vez, não consegui me conectar. Já acordei algumas vezes pensando em um poema, que é um dos poucos que realmente conseguem me atingir, na época em que o utilizei para uma cena na aula de teatro: Os ombros suportam o mundo, do Drummond. Só Drummond e Mário Quintana funcionam comigo por enquanto... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas Drummond e Quintana são feras, né! Adoro os dois. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Eu amo tudo que cato Leminskiado pela net, mas de todas o que mais me arrepia mexe comigo profundamente é "Bem no fundo" ele ali resumiu a humanidade em poucas palavras e muitos sentimentos, quem afinal não gostaria que seus problemas fossem resolvidos assim por decreto? Amei seu blog, parabéns.
    Beijos.

    http://clubedolivro15.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico feliz que tenha gostado! O que mais amo em Leminski é essa facilidade em expressar o humano de forma tão simples. Grata pelo comentário!

      Excluir

  11. Oii. Tudo bem?
    Nunca li nada do autor você acredita?
    Pois é menina agora o jeito é recuperar o prejuízo.
    Amei o post.
    Bjs♥♥♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, recupere mesmo, você vai gostar! Obrigada pelo comentário!

      Excluir

  12. Oii. Tudo bem?
    Nunca li nada do autor você acredita?
    Pois é menina agora o jeito é recuperar o prejuízo.
    Amei o post.
    Bjs♥♥♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  13. Oii. Tudo bem?
    Nunca li nada do autor você acredita?
    Pois é menina agora o jeito é recuperar o prejuízo.
    Amei o post.
    Bjs♥♥♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, sabe que nunca me interessei em ver os poemas do autor? acho que é mais porque não sou chegada em ler poemas, mas esses que você separou estão muito bonitos. Adorei!

    beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses estão entre os meus preferidos. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  15. Oie Tatiana, tudo bem?
    Ainda bem que você resolveu escrever sobre Leminski! rsrsrs Não conhecia nada dele, somente ouvi falar. Mas adorei conhecê-lo através do blog, fiquei encantada. Com certeza vou procurar saber mais obre ele e seus poemas.

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Tem muita coisa na rede sobre ele, nem precisa procurar muito. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  16. Olá!
    Eu sinceramente não conhecia esse poeta.
    Pelos poemas que você deixou no post são bem profundo mesmo. Ele serve para nós leitores refletirmos.
    Adorei conhecer esse poeta.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha te agradado! É muito profundo, sim. E muito singelo ao mesmo tempo. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  17. Oláá
    Já ouvi falar muito do poeta mas nunca tive curiosidade de ler, porém, adorei os poemas citados aqui, vou procurar ler mais sobre o autor e suas obras, ótimo post

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ooi,
    Rasão de Ser é um dos meus poemas favoritos de todos, muito legal o post, sempre é bom ler poesia e Leminski então melhor ainda.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, João, as poesias de Leminski são especiais. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  19. Oii,
    Confesso que não sou fã de poesias, mas gostei desses poemas. Nunca li nada do autor, mas quem sabe um dia. Gostei do seu post, parabéns!!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Pois é, quem sabe um dia, né? Fico feliz que, apesar não gostar de poesia, tenha gostado destes poemas.

      Excluir
  20. Olá, vocÊ acredita que eu não o conhecia? eu gosto muito de poemas mas não costumo ler, tenho alguns livros de poema mas li faz tempo, esses que você separou aqui eu dei uma olhada e achei bem interessantes, não são exatamente do tipo dos que eu leio mas ainda sim gostei muito, ótima dica, é sempre bom conhecer novas leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas ainda não conhecem Leminski, mas ele vem ganhando cada vez mais projeção na internet. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  21. Olá. Já ouvir muitos comentários dessa obra citada. Confesso que não conhecia o Paulo e infelizmente nem os seus poemas. Mas mesmo não curtindo, achei bem bacana estes poemas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem todos gostam de poesia mesmo. Mas que bom que achou esses bacanas. Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  22. Meu coração dá pulos de alegria quando vejo um blog com poemas sabia!!! Adorei as escolhas que você fez, o Leminski mesmo uma poesia leve, descontraída e ao mesmo tempo profunda. Fiquei louca quando vi este livro Toda Poesia. É lindooo!!!

    Os documentários vou salvar aqui para assistir mais tarde. Lindo este post viu! Apaixonei!
    www.pensamentosvalemouro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, esse livro é um dos meus xodós! Obrigada pelo comentário, Vanessa!

      Excluir
  23. Oi amada!
    Acredita que nunca tinha lido os poemas do Paulo?! Eu conhecia superficialmente essa obra pela capa, depois dessa mega postagem, fiquei bem curiosa!
    Beijos.
    Paula Juliana

    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Que bom que vc acordou com esse poema!Lhe rendeu uma ótima resenha! Parabéns pela maneira leve de sua escrita!
    Abraços,
    Elaine Melo Escovedo

    ResponderExcluir