A deusa cega, de Anne Holt - Editora Fundamento

A deusa cega, de Anne Holt - Editora Fundamento
A deusa cega
Autora: Anne Holt
Editora Fundamento
Ano: 2013
Número de páginas: 342
Livro recebido em parceria com a editora.

Foi com A deusa cega, de Anne Holt, mais uma belezura da Editora Fundamento, que encerrei minhas leituras de 2016, e posso dizer que encerrei com chave de ouro, pois como já havia constatado com a leitura de 1222, a autora possui um grande talento para nos envolver em uma trama de mistério, de forma muito inteligente e desafiadora. 

O livro já inicia estimulando a nossa curiosidade quando a personagem Karen Borg, uma advogada que passeava com seu cãozinho, encontra o corpo de um homem com o rosto desfigurado. Na sequência, acontece a prisão de um homem, perto do local do crime, e todo sujo de sangue, o que, obviamente, é muito suspeito. O homem é o holandês Han van der Kerch, de 23 anos, que se recusa a falar sobre o ocorrido, assim como recusa o auxílio de um advogado, até o momento em que descobre que o corpo fora encontrado por Karen e passa a exigir que ela o defenda. 

A deusa cega, de Anne Holt - Editora Fundamento
A detetive que investiga o caso é Hanne Wilhelmsen, nossa velha conhecida do livro 1222. Com o auxílio do promotor Hakon Sand, Hanne percebe que há relação no homicídio do qual o holandês é acusado e o assassinato de um advogado, cujos clientes, envolvidos com o tráfico de drogas, tinham fama de violentos. Logo vamos percebendo que há algo de bem maior por trás de tudo isso. Há muito mais envolvidos do que podemos supor ao iniciarmos a leitura, o que é reforçado por um ataque que Hanne sofre enquanto trabalhava em um domingo. Além de levá-la ao hospital com ferimentos na cabeça, o agressor leva, de seu escritório, alguns documentos referentes à investigação.

Os fatos que compõem a narrativa vão se entrelaçando de uma forma muito dinâmica e envolvente, nos levando a levantar hipóteses sobre os crimes ocorridos e a relação que há entre eles. Foi um imenso prazer poder reencontrar-me novamente com Hanne Wilhelmsen, personagem da qual gostei tanto, e ao mesmo tempo confirmar o talento extraordinário da autora Anne Holt para histórias de mistério. A deusa cega é, sem nenhuma dúvida, um livro que recomendo sem medo de errar aos amantes de uma boa trama policial. 

A deusa cega, de Anne Holt - Editora Fundamento

Para comprar: Editora Fundamento