sábado, 28 de maio de 2016

Seres amazônicos, coletânea organizada por Maurício Coelho - Editora Darda

Seres amazônicos, de Maurício Coelho
O Brasil é um país muito rico e bastante diverso culturalmente. A quantidade de lendas e contos regionais que temos nas diferentes regiões brasileiras é imensa, e a maioria dos brasileiros não conhece grande parte dessa cultura fascinante. Em Seres amazônicos, livro organizado por Mauricio Coelho, como o próprio nome nos mostra, temos uma coletânea de contos amazonenses (ao menos em sua maioria). A obra reconta lendas já conhecidas por nós brasileiros, mas o faz de forma primorosa. É um deleite para os amantes de lendas e contos regionais ter a oportunidade de apreciar histórias como a de Yara, Curupira, Mula-Sem-Cabeça e Saci Pererê, personagem que ficou tão popular entre as crianças brasileiras (de várias gerações) em virtude da adaptação para TV de O Sítio do Pica-Pau Amarelo, de Monteiro Lobato. O bom desse livro é que ele faz com que recriemos a imagem pronta que já temos de alguns personagens, como acontece com o Saci.

Além destes citados acima, temos ainda as histórias de Matita Maria, da Suindara, do Piracuru e do Boto-Cor-de-Rosa, personagem que eu, particularmente, acho fascinante. Os contos são narrados de um modo que nos proporciona viajar por um mundo de fantasias, ora envolvidos com sereias, ora com lobisomens, e o que é melhor, descobrindo a origem dessas histórias que nos envolvem e encantam desde a infância. É muito interessante perceber que, apesar de se tratar de uma obra cujo foco são as lendas, ainda assim podemos encontrar uma visão crítica por parte de alguns dos autores da coletânea. Creio que Seres amazônicos é uma ótima pedida para quem quer conhecer um pouco mais sobre a cultura desse nosso país tão rico. É excelente para pais que querem ter lendas maravilhosas para contar aos seus filhos ou, simplesmente para aqueles que se sentem seduzidos por uma história bem contada.


Seres amazônicos, organizado por Maurício Coelho