sexta-feira, 31 de julho de 2015

Literatura: uma breve definição


Apesar de ser a palavra escrita o principal instrumento da literatura, nem todos os textos escritos serão necessariamente textos literários. O que diferencia um texto literário dos demais é todo um conjunto de características. O primeiro é mais elaborado e não tem uma finalidade meramente informativa, seu principal objetivo é a fruição do leitor. É um texto que não tem compromisso com a verdade, pois mesmo quando forem utilizados fatos históricos, o autor terá liberdade para criar. No entanto, há o compromisso do autor com a verossimilhança.

A linguagem utilizada na literatura é diferenciada da que se usa no dia a dia, tanto nas nossas conversas quanto em textos não-literários, por ser carregada de conotação e muito rica em sentidos simbólicos. Isso significa que, na linguagem literária, uma determinada palavra pode adquirir muitos outros sentidos além daquele que possui concretamente.

A literatura necessita apoiar-se em uma determinada língua para que possa existir, pois é através da expressão verbal que ela se realiza. É mister, para isso, que o escritor saiba utilizar-se dos signos linguísticos, esculpindo o texto e dando-lhe a forma literária.

Considerando-se o fato de ser praticamente uma escultura das palavras, podemos dizer que literatura é a arte através da qual o homem se expressa por meio de palavras, dando-lhes significados conotativos, utilizando-se para isto, de uma determinada língua.